quinta-feira, 5 de abril de 2012

ANALFABETISMO E "NÃO APTIDÃO NUMÉRICA"



Temos que admitir, se não por outra razão, apenas de um ponto de vista prático, que falamos sobre a mesma Matemática por toda parte do mundo, com a mesma notação, as mesmas definições e as mesmas teorias, com algumas exceções, no nível muito elementar. Neste nível, reconhecemos a existência de práticas matemáticas que diferem essencialmente de um grupo cultural para outro.

Neste nível, a Matemática se aproxima de uma variante da língua comum, associada ao conceito de codificação de práticas populares e necessidades diárias e os usos de aptidão numérica. Na verdade, enquanto o analfabetismo é detectado muito freqüentemente no mundo não desenvolvido, “não aptidão numérica” é muito rara, quase tão rara quanto a incapacidade de comunicação falada. Tão dissimulado quanto o analfabetismo, que se tornou desde a conquista e colonização a principal base lógica para a dominação, “não aptidão numérica” serve como a principal barreira para oportunidades profissionais. Na verdade, podemos dizer que “não aptidão numérica” é mais difícil do que analfabetismo.



Assine o nosso feed e mantenha-se atualizado

Visite todos os nossos posts
_________________________________________
Bookmark and Share

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ubiratan D'Ambrosio - Poços de Caldas, 1 de julho de 1969